Cardio no início ou fim do treino para emagrecer?

 

Deseja emagrecer e não sabe quando deve fazer o treino cardiovascular, se no início ou no fim do treino?

 

Bem, tendo em conta o reforço muscular e os benefícios que ele proporciona à nossa saúde é conveniente potenciá-lo da melhor forma possível, seja qual for o tipo de objetivo, manutenção da condição física, aumento de massa muscular ou emagrecimento.

 

Se quisermos um rendimento de treino maior e sem efeitos de fadiga, não devemos realizar treino de cardio antes do treino de reforço muscular, isto porque para o bom rendimento no treino de musculação a glicose presente no nosso corpo é indispensável e caso se faça o treino cardiovascular antes do treino de musculação vamos utilizar as nossas reservas de glicose e considerando este fator, se as reservas de glicose e gorduras não forem suficientes para suportar o esforço de um treino de reforço muscular, a excessiva produção de cortisol, leva à degradação da massa muscular para criar energia.

 

A melhor opção passa então por se realizar cardio no final do treino, visto que, utilizaremos as reservas de glicose no nosso corpo para potenciar ao máximo o treino de reforço muscular evitando assim os efeitos de fadiga e tendo em conta isto, ao realizarmos o treino cardiovascular no final do treino iremos queimar mais gordura visto que a utilizaremos como fonte de energia.

 

 

Para além do benefício de haver maior perda de massa gorda quando o treino cardiovascular é realizado no final do treino, existe muitos outros benefícios quando este tipo de treino é realizado após o treino de musculação.

 

Sabes quais são os outros benefícios?

 

A realização de exercício cardiovascular após o treino de musculação acelera a recuperação muscular, pois foi comprovado por estudos que estas sessões de cardio provocam um efeito positivo na força isométrica, indicando assim uma maior recuperação muscular.

 

Realizando o treino cardiovascular no fim do treino de musculação proporciona uma maior libertação da hormona de crescimento, que não só estimula a perda de massa gorda como também a recuperação do tecido muscular.

 

Outro dos benefícios do cardio depois da musculação é que o aumento da oxigenação pode durar mais, o que consumirá mais gordura.

 

Por fim, quando ambos os tipos de treino se conjugam desta forma levam a um aumento do consumo energético, podendo levar ao máximo a tonificação e definição muscular.

 

Concluindo, quando o objetivo é emagrecer o melhor e mais saudável é sem duvida realizar o treino cardiovascular após a realização do treino de reforço muscular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *